Pai e filho autista criaram um incrível programa de inclusão no mercado de trabalho. Veja o que Mike, pai de Aaron, tem a dizer.

17155866_964152023686778_8688542484221253116_n

Você diria que o Aaron está no espectro mais grave do autismo? Eu diria que não é o mais grave, mas que é muito intenso. Os médicos de Aaron disseram que ele deveria ser institucionalizado e que ele não seria capaz de progredir.

Qualquer um, não importa quão grave é o nível da sua deficiência, pode se tornar produtivo, porém,  deve passar por um treinado adequado. Aaron está aprendendo a cortar e a pesar massa. Eu larguei o emprego mais cedo e me aposentei, porque eu vi o que me aguardava lá na frente com o Aaron. Por dois anos Aaron treinou para melhorar suas habilidades funcionais no trabalho. Ele treinou por 30 horas semanais sonhando em algum dia conseguir um emprego.

Em um determinado momento percebemos que só conseguiríamos o programa certo para ele se fizéssemos nós mesmos. Então fizemos. Aaron e Mike nomearam o programa  de “Operação Vida Significativa”.

Eu fui em diversas lojas e empresas explicar o que nós estávamos fazendo. Alguns deles foram um pouco relutantes, outros simplesmente não entenderam. Eu comecei a explicar o que um individuo com deficiência poderia fazer por eles, e como isso seria feito e que nós não seriamos como intrusos na operação de seus negócios. Então as portas começaram a abrir.

Aaron agora trabalha 5 dias por semana em diferentes lugares. Faz mais de um ano que ele está trabalhando na Chili’s. Ele organiza os talheres. No final de cada semana ele pega o pagamento nos lugares que trabalha. Ele está no mesmo patamar que outros empregados.

Os excelentes resultados foram imediatos. Nós vimos mudanças nele que nunca imaginaríamos.

Eles são classificados com “alta funcionalidade”, “altíssima funcionalidade”, “baixa funcionalidade” ou “baixíssima funcionalidade”. Como toda classificação, elas acabam tendo uma conotação que não deveriam ter. A funcionalidade ou o conceito de funcionalidade não tem nada a ver com o potencial do individuo.

Aaron adora contar os pagamentos que recebeu e sempre fica animado com os frutos do seu trabalho.

Assista ao  vídeo aqui

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s